quinta-feira, 18 de maio de 2017

Temer caiu. Um futuro presidente vem aí.

Resultado de imagem para temer de mal humor
  
Não precisa ser nenhum expert na política para saber que o presidente Temer já caiu. Sua baixa popularidade, além de tentar goela abaixo fazer a reforma da previdência social e trabalhista, lutando com forças trabalhistas, sindicais e políticas. Sua total indiferença com as causas sociais, além do seu não desejo em concorrer a reeleição, fez com que o Ministro Edson Fachin, do STF, autorizasse inquérito para investigá-lo sem titubear um milímetro sequer.

A incriminação dos irmãos Batista deixaram todos os brasileiros perplexos.  Nas gravações entregues a Polícia Federal, o presidente Temer dá seu apoio para a compra do silêncio do deputado cassado Eduardo Cunha (PMDB/RJ). Certamente os defensores dirão que é um gesto de caridade, todavia em se tratando de um presidente isso deveria ser no mínimo recriminado. Contudo em nenhum momento da gravação teve qualquer repreensão por parte dele.

Quando Joesley fez a gravação, ainda que de forma ilegal, em se tratando do atual momento político do Brasil, no qual anteriormente também de forma ilegal um áudio da ex-presidente Dilma  foi repercutido na grande mídia e que jamais poderia ter acontecido. O povo brasileiro na grande maioria não viu nenhuma irregularidade. Em qualquer outro país grampear um presidente é ilegal, entretanto essa regra não vale no Brasil.


As manifestações por todo Brasil em prol ao impeachment de Temer ganhará força e  até então o presidente não encontrará forças para se manter, pois politicamente os partidos da base aliada estão abandonando, uma vez que a oposição está aumentando o coro. O judiciário vai apurar todas as ilegalidades doa a quem doe e o povo brasileiro que não gosta do atual executivo se sentirá mais uma vez esperançado por uma nação melhor.



0 comentários:

Postar um comentário