segunda-feira, 16 de março de 2020

Neta abandona avó no aeroporto de Salvador, Bahia, temendo contrair o COVID-19


É domingo,15/03 de sol parrudo, em Salvador, Bahia e chego ao aeroporto tendo como destino o regresso à casa, Maceió.

Na fila para o despacho da bagagem vejo a senhorinha, frágil, em uma cadeira de rodas,de máscaras, olhos lacrimejantes desabafando com uma atendente/recepcionista da empresa aérea AZUL.

A senhorinha,deve ter idade aproximada dos 70 e poucos anos e diz à recepcionista que é a primeira vez que viaja de avião e a neta chegou ao aeroporto deixou-a numa cadeira de rodas e foi embora, dizendo ter medo de contrair o vírus do COVID-19.

Os aeroportos são portas de entrada e saída das muitas gentes daqui e dos estrangeiros, sem que haja nenhum controle do estado.

A senhorinha enxuga, discretamente as lágrimas, desolada, uma tanto perdida dentro da situação. A atendente da AZUL conversa mansamente com ela , acalmando o coração da aridez do abandono da neta. Afetivamente falou que até chegar ao destino, teria gente da companhia para cuidar dela.Ela não estava só.

E após os tramites da emissão da passagem, a mocinha tão bonita e humana levou a senhorinha em sua cadeira para o portão de embarque.

Eu, fiquei ali, a um sentimento, não tão bom, por essa neta ególatra, que abandonou a avó, uma senhorinha cheia de medos, em uma tarde de domingo, no aeroporto de Salvador, em sua primeira viagem de avião.

Bem triste!

Fonte:cada minuto 

0 comentários:

Postar um comentário